Câmara implanta Programa de Modernização Legislativa

por pauloaw — publicado 14/04/2010 16h25, última modificação 11/02/2020 16h15
A Câmara Municipal de Agudo fará diagnóstico de sua estrutura e de seus processos, com vistas a implementação do Programa de Modernização Legislativa – PML, criado pelo Senado Federal, através do Interlegis.

O parlamento agudense, membro da comunidade Interlegis desde sua criação, receberá, de 2 a 6 de maio, técnicos da Secretaria Especial do Interlegis, do Senado Federal, que atuarão com a Mesa Diretora, os Vereadores e os Servidores, no levantamento de dados e percepções, construindo um diagnóstico estrutural da Câmara. Serão abordados a Lei Orgânica, o Regimento Interno, o Plano de capacitação de servidores, o Plano de carreira, o Organograma e o Regulamento Administrativo da casa.

Este diagnóstico servirá para avaliar o sistema legal básico – Lei Orgânica e Regimento Interno e conhecer a estruturação efetiva de funcionamento da câmara, com o objetivo de propor os ajustes necessários ao seu funcionamento dinâmico, eficiente e eficaz.

Telma América Venturelli chefe da equipe do Senado, Airton Dantas de Sousa Rabelo e Fábio Kaiser Rauberda, assessores especiais, serão os facilitadores das atividades, que serão realizadas em etapas distintas, com vereadores e servidores.

Os final deste trabalho será formulada uma proposta de implantação de processos de modernização e otimização das atividades.

O Presidente da Câmara, Ver. Paulo Unfer, assegura que a Mesa Diretora dará amparo a que o Projeto de Modernização Legislativa atinja o êxito esperado, o que resultará em uma Câmara Municipal mais ágil e com melhores mecanismos de interação com a sociedade e as demais instâncias de governo e poderes.